Por que as cobras mostram a língua?
Bárbara Vitorino
Vocês já repararam que as serpentes adoram colocar a sua linguinha para fora? E que curiosamente ela é dividida ao meio, possuindo duas pontas (bífida)?

Isso acontece porque o olfato é o principal sentido das serpentes – a maioria delas não enxergam bem – e é através da língua que elas conseguem captar as moléculas de cheiro no ar!
Foto: Rodrigo Tinoco
Ao movimentar a língua de um lado para o outro elas conseguem captar o cheiro de suas presas, além de indivíduos da mesma espécie, como uma forma de comunicação entre eles, principalmente para a atração sexual. A língua bífida é muito importante nesse momento, pois cada extremidade da língua consegue captar moléculas de diferentes regiões.
Após capturar as moléculas de cheiro do ambiente, as cobras passam a língua no céu da boca e cada uma das pontas se encaixa em duas pequenas cavidades, chamadas de órgão de Jacobson – e é lá que essas moléculas de cheiro são identificadas. Dessa forma, as serpentes conseguem se orientar no ambiente e saber quem está por perto.