Ordem:
Família:

Anura

Odontophrynidae

Odontophrynus monachus

Ainda não encontramos.

Status de conservação:

IUCN:

Lista Nacional:

Projetos e ações

Ainda não encontramos.

Unidades de conservação

Ainda não encontramos.

DESCRIÇÃO​

Ainda não encontramos.

Localidade Tipo:

Parque Nacional da Serra da Canastra, São Roque de Minas, MG

Holótipo

Ainda não encontramos

Parátipos

Ainda não encontramos

Artigo de descrição

Variações da espécie / Morfotipos

Período de atividade:

Habitat

Ainda não encontramos.

Tamanho

Abundância

Venonoso

Ainda não encontramos

Ecologia e história natural

Espécie é endêmica da região do Parque Nacional da Serra da Canastra, munícipio São Roque de Minas, Minas Gerais, sudeste do Brasil. CARAMASCHI & MARCELO (2012).

Ameaças

Ainda não encontramos.

Etnobiologia

Ainda não encontramos.

Tipos de Ambientes

Registros do holótipo descrevem que O. monachus é encontrado na área ao redor das duas principais nascentes do rio São Francisco, acima do marco dessas nascentes, a aproximadamente 1350 m.s.l. Essa área é pantanosa coberta de grama em solo escuro e argiloso, com pequenos e lentos riachos e poças formadas em seus canteiros. Espécimes foram observados perto de águas rasas, poças temporárias ou na beira de piscinas formadas nos leitos de drenagem pluvial. CARAMASCHI & MARCELO (2012)

Galeria de ambientes

Biomas / Eco-regiões

Caatinga, Mata Atlântica

Vocalização

Descrição do canto

A chamada é composta por uma, duas ou três notas multipulsadas. Três larguras de banda energéticas principais (bandas laterais) são distinguíveis no audiospectrograma, devido à natureza pulsátil da chamada. Pulsos com os picos mais altos de energia ocorrem no final da nota. Modulação de frequência modesta ocorre no final das notas, aumentando para frequências mais altas. Cada chamada geralmente contém 1 a 2 notas. A duração entre notas na chamada de O. monachus é curta (0,06-0,18 s) e o pulso de nota 73.3-115.3 pulsos / s. CARAMASCHI & MARCELO (2012)

Variações de canto

Reprodução

Espécie é endêmica da região do Parque Nacional da Serra da Canastra, munícipio São Roque de Minas, Minas Gerais, sudeste do Brasil. CARAMASCHI & MARCELO (2012).

Sítios reprodutivos

Modo reprodutivo

Época reprodutiva

Tipo de desenvolvimento

Girinos

História Natural

Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.

Morfologia

Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.

Créditos

Fotografias

Thiago Ribeiro de Carvalho

Ilustrações

Gabriela Luiza de Deus

Vocalizações

Colaborador da página

Álvaro Drumond Araújo VIA: UFMG
CARAMASCHI & MARCELO (2012) TAXONOMIC REVISION OF THE ODONTOPHRYNUS CULTRIPES SPECIES GROUP, WITH DESCRIPTION OF A NEW RELATED SPECIES (ANURA CYCLORAMPHIDAE) P. C. ROCHA, L. M. F. DE SENA, T. L. PEZZUTI, F. S. F. LEITE, M. SVARTMAN, S. D. ROSSET, D. BALDO & P. C. DE A. GARCIA (2017) – A NEW DIPLOID SPECIES BELONGING TO THE ODONTOPHRYNUS AMERICANUS SPECIES GROUP (ANURA: ODONTOPHRYNIDAE) FROM THE ESPINHAÇO RANGE, BRAZIL. HTTPS://AMPHIBIANSOFTHEWORLD.AMNH.ORG/AMPHIBIA/ANURA/ODONTOPHRYNIDAE/ODONTOPHRYNUS/ODONTOPHRYNUS-MONACHUS