Ordem:
Família:

Anura

Brachycephalidae

Brachycephalus guarani

Ainda não encontramos.

Status de conservação:

IUCN:

Lista Nacional:

Projetos e ações

Ainda não encontramos.

Unidades de conservação

Ainda não encontramos.

DESCRIÇÃO​

Ativo durante o dia; comprimento rostro-cloacal 8,7-13,4 mm. Quando em vida, cor geral laranja, com uma faixa vertebral marrom escura e barriga sem manchas; quando conservado, cor geral de fundo creme pálido com faixa vertebral marrom escuro; possui corpo bufoniforme robusto. Pele na cabeça e dorso granular e com ossificação dérmica; pele na superfície dorsolateral da corpo, flancos e superfície dorsal das coxas granular, bem como a superfície ventrolateral e a área ao redor da abertura cloacal; pele no ventre e superfícies ventrais das pernas lisas. A cabeça é tão larga quanto longa, ligeiramente mais estreita que o corpo; comprimento da cabeça é de aproximadamente 22% do comprimento rostro-cloacal; seu focinho é curto e apresenta comprimento quase igual ao diâmetro do olho, sendo arredondado em vistas lateral e dorsal; as narinas são protuberantes, direcionadas anterolateralmente; canthus rostralis indistinto; região loreal fracamente côncava; lábios quase sigmóides; olho ligeiramente saliente nas vistas dorsal e lateral, tendo diâmetro de 49% do comprimento da cabeça; o tímpano é ausente; fendas vocais presente apenas no machos e língua mais longa que larga, sendo a metade posterior não aderente ao assoalho da boca; choanae relativamente pequeno e redondo; odontóforos vomerinos ausentes. Braço quase tão longo quanto o antebraço; dedos II e III robustos e distinto; dedos I e IV muito pequenos; ponta do dedo II ligeiramente arredondada e ponta do dedo III aguçado; comprimentos relativos dos dedos II, III; ausência de tubérculos subarticulares internos e externos e tubérculos metacarpais. Comprimento da coxa é 42% do comprimento rostro-cloacal, comprimento da tíbia 89% do comprimento coxa; dedos III e V distintos; dedo II do pé reduzido e dedos I e V vestigiais; ponta do dedo do pé II ligeiramente arredondada e pontas dos dedos III e IV apontadas; comprimento relativo dos dedos dos pés II, III, IV; ausência de tubérculos subarticulares internos e externos e tubérculos metatarsais. Possui crânio, processos espinhais, vértebras sacrais e pré-sacrais e processo da quarta vértebra hiperossificados; perda de elementos falageanos; a cintura peitoral é completamente ossificada com epicoracóides justapostos e articular ao longo de seus comprimentos; presença do omosterno e ausência do esterno. Medidas do holótipo: comprimento rostro-cloacal 13.2 mm, comprimento axila-virilha 4.7 mm, comprimento da cabeça 2.9 mm, largura da cabeça 3.9 mm, diâmetro da narina 0.3 mm, distância internostril 1.6 mm, diâmetro do olho 1.4 mm, distância interorbital 2.9 mm, distância olho-narina 0.9 mm, comprimento da coxa 5.5 mm, comprimento da tíbia 4.9 mm, comprimento do pé 7.3 mm, comprimento do braço 2.7 mm, comprimento do antebraço 3.2 mm, comprimento da mão 2.7 mm.

Localidade Tipo:

Morro Prumirim, Ubatuba/SP

Holótipo

CFBH 27233,

Parátipos

CFBH 27231, 27234, CFBH 27232, 27235, CFBH 27236, 27237, CFBH 29563, CFBH 29564,

Artigo de descrição

Variações da espécie / Morfotipos

Período de atividade:

Habitat

Ainda não encontramos.

Tamanho

Abundância

Venonoso

CFBH 27231, 27234, CFBH 27232, 27235, CFBH 27236, 27237, CFBH 29563, CFBH 29564,

Ecologia e história natural

Os espécimes coletados para descrição da espécie foram encontrados em meio a serapilheira em florestas de 600 a 800m acima do nível do mar. Em dias chuvosos, indivíduos podem ser encontrados expostos, ativos acima da ninhada. A espécie parece ser abundante em topos de montanhas.

Ameaças

Ainda não encontramos.

Etnobiologia

Ainda não encontramos.

Tipos de Ambientes

Brachycephalus guarani é conhecido apenas para a localidade-tipo em Morro Prumirim, localizado no munícipio de Ubatuba/SP, na região sudeste do Brasil. Onde os espécimes são encontrados na serapilheira.

Galeria de ambientes

Biomas / Eco-regiões

Mata Atlântica

Vocalização

Descrição do canto

Ainda não encontramos

Variações de canto

Reprodução

Os espécimes coletados para descrição da espécie foram encontrados em meio a serapilheira em florestas de 600 a 800m acima do nível do mar. Em dias chuvosos, indivíduos podem ser encontrados expostos, ativos acima da ninhada. A espécie parece ser abundante em topos de montanhas.

Sítios reprodutivos

Modo reprodutivo

Época reprodutiva

Tipo de desenvolvimento

Girinos

História Natural

Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.

Morfologia

Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.
Ainda não encontramos.

Créditos

Fotografias

Ilustrações

Gabriela Luiza de Deus

Vocalizações

Colaborador da página

Emannuelle Diniz
Thais H. Condez, Rute B. G. Clemente-Carvalho, Célio F. B. Haddad, and Sergio F. dos Reis “A New Species of Brachycephalus (Anura: Brachycephalidae) from the Highlands of the Atlantic Forest, Southeastern Brazil,” Herpetologica 70(1), 89-99, (1 March 2014). https://doi.org/10.1655/HERPETOLOGICA-D-13-00044 OLIVEIRA, Eliziane Garcia de. História natural de Brachycephalus pitanga (Anura: Brachycephalidae) no Núcleo Santa Virgínia, Parque Estadual da Serra do Mar, estado de São Paulo. 2013. 78 f. Dissertação – (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013. Disponível em: .